Médico paranaense é convidado do congresso Câncer de Mama Gramado

O coordenador médico dos Programas de Saúde da Paraná Clínicas, Dr. Helio Rubens de Oliveira Filho, participou do congresso Câncer de Mama Gramado, no Rio Grande do Sul, nesta sexta-feira (01/09). Presidente da Sociedade Brasileira de Mastologia – PR, mastologista do Hospital Santa Cruz credenciado pela Unimed , Amil e Professor Assistente de Tocoginecologia da UFPR, o médico foi um dos participantes da discussão de casos clínicos sobre manejo da paciente em alto risco. “O congresso promove um intercâmbio de conhecimentos fundamental para a evolução dos cuidados com a paciente com câncer”, afirma o mastologista. https://www.portalizazilli.com/2017/09/01/medico-paranaense-e-convidado-do-congresso-cancer-de-mama-gramado/

Como se prevenir do câncer de mama? Quando começar a Mamografia?

Em entrevista para a Gazeta do Povo: Como explica o mastologista Hélio Rubens de Oliveira Filho, professor da UFPR e médico credenciado pelo Unimed Curitiba e Amil, o câncer na mama não mata. O que pode causar a morte é a metástase desse câncer, que costuma atingir ossos, pulmões, fígado e cérebro. “Enquanto o câncer está confinado à mama, as chances de cura são muito altas. Mas quando temos um quadro de metástase, essas chances diminuem drasticamente”, afirma. Para se ter um diagnóstico precoce do câncer de mama, a mamografia é fundamental. Só por meio desse exame de imagem é possível detectar o tumor em um estágio inicial. “O exame serve para detectar a doença no começo, o que amplia as chances de cura da paciente”, diz o mastologista. A…

Orientações importantes sobre câncer de mama!

Dr. Helio Rubens de Oliveira Filho
De acordo com previsões do Instituto Nacional de Câncer (Inca), estima-se que, até o fim de 2014, cerca de 3.490 novos casos de câncer de mama terão sido diagnosticados só este ano no Paraná, sendo 910 na capital. O mastologista Helio Rubens de Oliveira Filho, credenciado da Amil e Unimed Curitiba que atende em Curitiba, alerta para a necessidade de prevenção. Especialista pelo Instituto Europeu de Oncologia, localizado em Milão, e professor da Pontifícia Universidade Católica (PUC-PR) e da Universidade Federal do Paraná, Helio ressalta que, a partir dos 40 anos, as mulheres que realizam a mamografia anualmente apresentam um risco de morte por câncer de mama 30% menor do que aquelas que não a realizam. Há alguma forma de prevenir o câncer de mama? O câncer de mama pode…